Epidemiologia

Compartilhe

A EM é tipicamente diagnosticada entre 20 e 50 anos. Embora a maioria dos casos seja diagnosticada nesta faixa etária, a EM pode ser desenvolvida na infância assim como após os 60 anos de idade. A doença é mais comum em mulheres (taxa de 2-3:1), e aparece mais freqüentemente em caucasianos (particularmente do norte da Europa e seus ancestrais) que em hispânicos e americanos.

Estudo realizado pelo CIEM demonstrou que a prevalência da EM em Belo Horizonte é de 18 casos por 100.000 habitantes.