Apresentação

Compartilhe

A esclerose múltipla é uma doença inflamatória imunomediada desmielinizante e degenerativa do sistema nervoso central (SNC) - cérebro e medula espinhal.

Os ataques, chamados surtos, exacerbações ou recorrências, danificam a bainha de mielina (camada de gordura que envolve as fibras nervosas na substância branca do cérebro e na medula espinhal) causando cicatrizes, também chamadas de placas ou lesões.

Há também, desde o início da doença, degeneração das próprias fibra nervosas ou axônios. Os surtos ocorrem aleatoriamente, variando em número e freqüência de pessoa para pessoa.

Devido à distribuição aleatória das lesões no SNC, duas pessoas portadoras de EM não apresentarão, exatamente, os mesmos sintomas.